<!— INICIO TAG —> <!— Id: 10248 Campanha: ORÇAMENTO DEMOCRÁTICO ESTADUAL 2023 Server: Metrike Veículo: VEJA PARAIBA Cliente: GOV PB Formato: GOV PB | VEJA PARAIBA - 728x90 Data de Veiculação: 07/04/2023 - 30/04/2023 —> <!— FIM TAG —>

Artigos Encontrados

InícioBrasil14 mil bolsas do MEC sem pagamento em dezembro

14 mil bolsas do MEC sem pagamento em dezembro

Publicado em

<!— INICIO TAG —> <!— Id: 10249 Campanha: ORÇAMENTO DEMOCRÁTICO ESTADUAL 2023 Server: Metrike Veículo: VEJA PARAIBA Cliente: GOV PB Formato: GOV PB | VEJA PARAIBA - 350x250 Data de Veiculação: 07/04/2023 - 30/04/2023 —> <!— FIM TAG —>
- Advertisement -<!— INICIO TAG —> <!— Id: 10248 Campanha: ORÇAMENTO DEMOCRÁTICO ESTADUAL 2023 Server: Metrike Veículo: VEJA PARAIBA Cliente: GOV PB Formato: GOV PB | VEJA PARAIBA - 728x90 Data de Veiculação: 07/04/2023 - 30/04/2023 —> <!— FIM TAG —>

Segundo levantamentos da equipe de transição, o Ministério da Educação (MEC) pode não ter recursos para pagar, já neste mês, para o correto pagamento de 14 mil bolsas de residência médica e cerca de 100 mil bolsistas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Em reunião com o atual ministro da Educação, Victor Godoy, o assunto foi tratado nesta segunda-feira (5/12), uma vez que os cortes no orçamento determinados pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) acenderam o sinal de alerta sobre a real situação da pasta.

Segundo apuração inicial, a equipe do MEC levantou os números e os apresentados, apontando que as 14 mil bolsas a médicos residentes têm custo de R$ 65 milhões, não havendo dados confirmados pelo ministério sobre o valor das bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado da Capes, igualmente submetidas ao risco de não pagamento.

Segundo declaração do próprio ministro Victor Godoy, apenas incertezas rondam os trabalhos do MEC:  

“Do jeito que o MEC está hoje, essas pessoas não receberiam seus salários de dezembro e janeiro, nem suas bolsas. É o que hoje mais nos preocupa. Deixei claro que o Ministério da Educação fez o levantamento dos impactos, já encaminhou isso ao Ministério da Economia, já falei com o ministro Guedes e com o ministro Ciro, e estamos nesse trabalho para tentar esse apoio. Naturalmente que o Ministério da Economia tem também suas razões para ter feito esses bloqueios. Em especial, isso decorre da caducidade da Medida Provisória da Lei Paulo Gustavo, que propõe uma despesa adicional de R$ 3,9 bilhões, sem previsão de receita. Então, isso causa naturalmente uma pressão no orçamento de todas as pastas”, afirmou.

Últimas notícias

Paraíba abre as portas para a Alemanha

Governador João Azevêdo marca o início do I Fórum de Internacionalização Paraíba sem Fronteiras: Paraíba-Alemanha, com investimento de R$ 307 milhões em pesquisa e bolsas.

Vereador Dinho Dowsley se filia ao PSD em busca de representação para João Pessoa

O vereador Dinho Dowsley, atual presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), anunciou nesta quinta-feira (4) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A mudança de partido ocorreu após sua saída do Avante, pelo qual foi eleito em 2020.

Governadores do Nordeste Propõem Medidas para Fortalecer Finanças Estaduais

Uma das propostas é a do aumento do FPE e Parcelamento de Dívidas para Enfrentar Desafios Financeiros Estaduais pelas perdas de arrecadação com a desoneração do ICMS.

Tudo pronto para as provas do Concurso Público Nacional Unificado

Provas ocorrem no dia 5 de maio e serão aplicadas simultaneamente em 228 cidades em todas as unidades da federação, com questões objetivas e dissertativas

relacionados

Paraíba abre as portas para a Alemanha

Governador João Azevêdo marca o início do I Fórum de Internacionalização Paraíba sem Fronteiras: Paraíba-Alemanha, com investimento de R$ 307 milhões em pesquisa e bolsas.

Vereador Dinho Dowsley se filia ao PSD em busca de representação para João Pessoa

O vereador Dinho Dowsley, atual presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), anunciou nesta quinta-feira (4) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A mudança de partido ocorreu após sua saída do Avante, pelo qual foi eleito em 2020.

Governadores do Nordeste Propõem Medidas para Fortalecer Finanças Estaduais

Uma das propostas é a do aumento do FPE e Parcelamento de Dívidas para Enfrentar Desafios Financeiros Estaduais pelas perdas de arrecadação com a desoneração do ICMS.
Sair da versão mobile