InícioMundoA Alemanha entrou na Guerra contra a Rússia?

A Alemanha entrou na Guerra contra a Rússia?

Publicado em

- Advertisement -

As tensões entre Ucrânia e Rússia aumentam, e um elemento decisivo pode mudar os rumos do conflito: a Alemanha deixou de lado objeções para o envio de tanques à Ucrânia. Governo teme que Rússia intensifique ataques.

A Alemanha, após meses de hesitação, decidiu enviar modernos tanques de guerra modelo “Leopard 2” para a Ucrânia. A notícia, inicialmente divulgada pela revista alemã Der Spiegel, também afirma que os Estados Unidos deverão fornecer tanques Abraham a Kiev. As autoridades ucranianas já comemoram essa decisão, pois acreditam que isso será um fator de mudança nas frentes de batalha na guerra que já dura 11 meses.

A Ucrânia tem insistido há meses para que o Ocidente envie os tanques de que tanto precisa para dar mais poder de fogo e mais mobilidade às suas tropas, para romper as linhas de defesa russas e recapturar territórios no leste e no sul do país.

A decisão de enviar os blindados envolve pelo menos uma companhia de tanques Leopard 2 A6, o que representa 14 unidades. “O fato de a Alemanha apoiar a Ucrânia com os tanques Leopard é um forte sinal de solidariedade” afirmou Christian Duerr, líder parlamentar do Partido Liberal Democrata (FDP), uma das siglas que forma a coalizão de governo na Alemanha.

Esse movimento militar por parte da Alemanha e dos EUA em meio a um conflito armado, aumenta significativamente o risco de uma terceira guerra mundial, pois isso pode desencadear uma escalada de tensão entre as partes envolvidas e levar a um confronto direto entre potências nucleares. É importante destacar que a Ucrânia não é membro da OTAN, o que significa que o envolvimento desses países em um conflito pode violar acordos internacionais e desencadear uma crise global.

Últimas notícias

Paraíba abre as portas para a Alemanha

Governador João Azevêdo marca o início do I Fórum de Internacionalização Paraíba sem Fronteiras: Paraíba-Alemanha, com investimento de R$ 307 milhões em pesquisa e bolsas.

Vereador Dinho Dowsley se filia ao PSD em busca de representação para João Pessoa

O vereador Dinho Dowsley, atual presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), anunciou nesta quinta-feira (4) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A mudança de partido ocorreu após sua saída do Avante, pelo qual foi eleito em 2020.

Governadores do Nordeste Propõem Medidas para Fortalecer Finanças Estaduais

Uma das propostas é a do aumento do FPE e Parcelamento de Dívidas para Enfrentar Desafios Financeiros Estaduais pelas perdas de arrecadação com a desoneração do ICMS.

Tudo pronto para as provas do Concurso Público Nacional Unificado

Provas ocorrem no dia 5 de maio e serão aplicadas simultaneamente em 228 cidades em todas as unidades da federação, com questões objetivas e dissertativas

relacionados

Paraíba abre as portas para a Alemanha

Governador João Azevêdo marca o início do I Fórum de Internacionalização Paraíba sem Fronteiras: Paraíba-Alemanha, com investimento de R$ 307 milhões em pesquisa e bolsas.

Vereador Dinho Dowsley se filia ao PSD em busca de representação para João Pessoa

O vereador Dinho Dowsley, atual presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), anunciou nesta quinta-feira (4) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A mudança de partido ocorreu após sua saída do Avante, pelo qual foi eleito em 2020.

Governadores do Nordeste Propõem Medidas para Fortalecer Finanças Estaduais

Uma das propostas é a do aumento do FPE e Parcelamento de Dívidas para Enfrentar Desafios Financeiros Estaduais pelas perdas de arrecadação com a desoneração do ICMS.