InícioBrasilA extrema direita e seus tentáculos: Zema defende união Sul-Sudeste contra o...

A extrema direita e seus tentáculos: Zema defende união Sul-Sudeste contra o Nordeste

Publicado em

- Advertisement -

Políticos reagem a declaração de Zema sobre “protagonismo” do Sul-Sudeste contra Nordeste. Não é a primeira vez que governador de Minas Gerais ganha repercussão após falas que discriminam nordestinos

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), causou polêmica neste final de semana ao defender que os estados das regiões Sul e Sudeste se unam para barrar o avanço dos interesses do Nordeste. Em entrevista ao jornal Estado de São Paulo, Zema disse que o grupo busca consolidar um “protagonismo” para garantir força majoritária frente às demais regiões.

A declaração de Zema foi criticada por políticos do campo progressista e pelo Consórcio Nordeste. O bloco, que reúne os governadores de todos os nove estados da região, disse que Zema tem uma “leitura preocupante do Brasil” e que suas declarações “aprofundam a lógica subalterno, dividido e desigual“.

 “Ao defender o protagonismo do Sul e do Sudeste, indica um movimento de tensionamento com o Norte e o Nordeste, sabidamente regiões que vêm sendo penalizadas ao longo das últimas décadas dos projetos nacionais de desenvolvimento”, acrescenta o bloco, que reúne os governadores de todos os nove estados da região.

Também pelas redes sociais, parlamentares da Câmara dos Deputados e do Senado se manifestaram contra Zema. O senador Humberto Costa (PT-PE) disse que as declarações do governador de Minas Gerais são “preconceituoso e nojento“, enquanto a deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR) afirmou que Zema é “preconceituoso e atrasado”.

O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) chamou de “inaceitável” a declaração dada por Zema na entrevista e afirmou que o governador “desrespeita o Nordeste sempre que pode”.

A declaração de Zema é mais um capítulo da tensão crescente entre o Nordeste e as demais regiões do Brasil. Em nota o Consórcio Nordeste acrescentou a posição de união em todo de um crescimento de todos:

Negando qualquer tipo de lampejo separatista, o Consórcio Nordeste imediatamente anuncia em seu slogan que é uma expressão de ‘O Brasil que cresce unido’. Enquanto Norte e Nordeste apostam no fortalecimento do projeto de um Brasil democrático, inclusivo e, portanto, de união e reconstrução, a referida entrevista parece aprofundar a lógica subalterno, dividido e desigual”, acrescenta a nota, que ao final apela ainda para a “união nacional em torno da reconstituição de áreas estratégicas para o país”.  

Em 2021, o Consórcio Nordeste foi um dos principais críticos da gestão federal durante a pandemia de Covid-19 conduzida pelo ex-presidente Jair Bolsonaro, de quem Zema é apoiador declarado, e ao que parece, deseja ser herdeiro político da extrema direita do país que bradou, pós eleições os anseios separatistas do norte e nordeste que apoiaram o então candidato Luís Inácio Lula da Silva.

A declaração de Zema é preocupante porque aprofunda a divisão regional do Brasil. O país precisa de união, não de divisão.

Últimas notícias

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

Trump deve enfrentar Biden na eleição

Após vencer as primárias de Missouri, Michigan e Idaho, Donald Trump aparece como principal nome do Republicanos para as eleições dos EUA

Caçada aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró se intensifica

Mossoró: fugitivos invadem galpão, agridem homem e polícia monta cerco. Nas redondezas também há uma pista de pouso em bom estado de conservação, além de ruínas de uma antiga fazenda.

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

relacionados

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

Trump deve enfrentar Biden na eleição

Após vencer as primárias de Missouri, Michigan e Idaho, Donald Trump aparece como principal nome do Republicanos para as eleições dos EUA

Caçada aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró se intensifica

Mossoró: fugitivos invadem galpão, agridem homem e polícia monta cerco. Nas redondezas também há uma pista de pouso em bom estado de conservação, além de ruínas de uma antiga fazenda.