InícioBrasilAdolescente usando suástica atira bomba em escola

Adolescente usando suástica atira bomba em escola

Publicado em

- Advertisement -

A Escola Estadual Professor Antonio Sproesser sofreu um ataque à bomba na manhã desta segunda-feira (13). Não houve feridos e o autor do ataque foi preso

Nesta segunda-feira (13), uma manhã de pânico e incerteza se abateu sobre a Escola Estadual Professor Antonio Sproesser, localizada em Monte Mor, São Paulo. A escola, que abriga também a Escola Municipal Vista Alegre, foi alvo de um atentado terrorista com bombas caseiras, ocasião em que um adolescente de 17 anos foi detido.

O jovem, que também portava uma machadinha e exibia uma suástica – símbolo nazista – em seu braço, foi impedido de entrar na escola, mas jogou pelo menos quatro bombas caseiras contra a entrada da instituição. Embora não houvesse nenhum ferimento, ao menos 300 alunos estudavam na escola no período da manhã.

A prefeitura de Monte Mor e as polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros foram rapidamente mobilizadas para controlar a situação. A Guarda Civil Municipal recebeu uma denúncia por volta de 8h45 de que um indivíduo estava atirando bombas na escola, causando tumulto e transtornos. Em questão de minutos, o jovem foi capturado e encaminhado para a delegacia.

O secretário de Segurança da cidade, Anderson Palmieri, confirmou que as bombas eram do tipo coquetel molotov e foram atiradas contra a grade do portão da escola, que já havia sido fechado, e vasos. Após a chegada dos bombeiros e da Polícia Militar, a situação foi controlada e os alunos foram dispensados para suas casas.

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) emitiu uma nota lamentando o ocorrido e garantiu que a escola receberá apoio das autoridades para reforçar a segurança. A Diretoria de Ensino de Capivari e a unidade escolar também estão à disposição para auxiliar na investigação.

Enquanto a escola passa por uma limpeza, não há previsão de quando voltará a funcionar. A unidade compartilha aulas entre o município, no período da manhã, e o estado, à tarde e à noite. O caso foi registrado na Plataforma Conviva (Placon) e também em um boletim de ocorrência.

Este atentado terrorista envia uma mensagem perturbadora de violência e medo para a comunidade escolar. É esperado que as autoridades investiguem rapidamente a ligação do jovem com a escola e trabalhem para garantir a segurança e tranquilidade.

Artigos apreendidos junto ao adolescente autor do atentado.

Últimas notícias

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.

Janones será investigado por suposta “rachadinha”em gabinete

Parlamentar nega que cobrou de membros de assessoria devolução de parte do salário; representação foi apresentada pelo deputado cassado Deltan Dallagnol

relacionados

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.