InícioParaíbaAdriano Galdino não abre mão do Orçamento Democrático

Adriano Galdino não abre mão do Orçamento Democrático

Publicado em

- Advertisement -

Adriano Galdino avalia o Orçamento Democrático Estadual (ODE) como uma oportunidade única de diálogo entre a população e o governo

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, avaliou a audiência do Orçamento Democrático Estadual (ODE) que aconteceu na cidade de Pedras de Fogo, nesta quinta-feira (27), como uma oportunidade única de diálogo entre a população e o governo.

Aqui, a população fala diretamente com o chefe do Executivo estadual e faz as solicitações que são relevantes para as suas necessidades. Eles falam direto com o governador. É uma oportunidade única e, acima de tudo, democrática”, frisou.

Galdino destacou que é fundamental que o Legislativo se faça presente, identificando as necessidades da população de cada município e colaborando com o Executivo na melhoria da qualidade de vida dos paraibanos.

“Durante as audiências, os deputados, eleitos como representantes do povo, têm acesso às demandas mais urgentes da população e por meio das Emendas Impositivas, conquistadas pelo parlamento durante o primeiro mandato de João, a Assembleia pode colaborar ainda mais na construção de uma Paraíba melhor e mais justa para todos”, declarou.

A audiência em Pedras de Fogo contou com a presença de milhares de pessoas, que tiveram a oportunidade de falar diretamente com o governador João Azevêdo e com os deputados estaduais. Os participantes apresentaram diversas demandas, como a construção de escolas, hospitais, estradas, saneamento básico e outros serviços públicos.

O Orçamento Democrático Estadual é um processo democrático que permite à população participar da elaboração do orçamento do governo do estado. O processo acontece por meio de audiências públicas, nas quais os cidadãos podem apresentar suas demandas e sugestões. As demandas são analisadas pelo governo e, se forem viáveis, são incluídas no orçamento.

Últimas notícias

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.

Janones será investigado por suposta “rachadinha”em gabinete

Parlamentar nega que cobrou de membros de assessoria devolução de parte do salário; representação foi apresentada pelo deputado cassado Deltan Dallagnol

relacionados

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.