InícioBrasilDrex: O 'Real Digital' do Banco Central

Drex: O ‘Real Digital’ do Banco Central

Publicado em

- Advertisement -

O ‘primo do Pix’: a moeda digital emitida pelo Banco Central central promete se tornar um meio para transações virtuais com mais segurança e eficiência

O Banco Central do Brasil anunciou na segunda-feira (7) o nome oficial do real no formato digital: Drex. O Drex é uma moeda digital emitida pelo BC e será regulamentado pela Lei Geral de Proteção de Dados.

O Drex não é uma criptomoeda, mas uma representação do real na plataforma digital. Ele poderá ser usado para pagamentos, compra e venda de bens e serviços, empréstimos, investimentos e outras transações financeiras.

O Drex será mais seguro e eficiente que o dinheiro em espécie e as transações bancárias tradicionais. Ele também será mais acessível, permitindo que pessoas que não têm conta bancária possam fazer transações financeiras.

O Drex ainda está em fase de desenvolvimento, mas o BC espera lançá-lo em 2025.

Drex em detalhes

O Drex é uma CBDC (Central Bank Digital Currency), ou seja, uma moeda digital emitida por um banco central. Ele é uma nova forma de representação do real e poderá ser convertida em outras formas de pagamento disponíveis hoje, pois terá o mesmo valor do dinheiro tradicional.

A versão brasileira do Drex será voltada para atividades de varejo, ou seja, para uso por indivíduos e empresas. Ele será emitido pelo BC e será regulamentado pela Lei Geral de Proteção de Dados.

O Drex será mais seguro e eficiente que o dinheiro em espécie e as transações bancárias tradicionais. Ele também será mais acessível, permitindo que pessoas que não têm conta bancária possam fazer transações financeiras.

O Drex ainda está em fase de desenvolvimento, mas o BC espera lançá-lo em 2025.

Os benefícios do Drex

O Drex traz uma série de benefícios para a economia brasileira, incluindo:

  • Maior segurança: o Drex será mais seguro que o dinheiro em espécie e as transações bancárias tradicionais, pois será baseado em tecnologia blockchain.
  • Maior eficiência: o Drex será mais eficiente que o dinheiro em espécie e as transações bancárias tradicionais, pois será digital e poderá ser usado 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Maior acessibilidade: o Drex será mais acessível que o dinheiro em espécie e as transações bancárias tradicionais, pois poderá ser usado por pessoas que não têm conta bancária.
  • Maior inclusão financeira: o Drex contribuirá para a inclusão financeira, pois permitirá que pessoas que não têm acesso ao sistema financeiro tradicional possam fazer transações financeiras.

O Drex é uma nova ferramenta que tem o potencial de revolucionar a forma como fazemos transações financeiras. Ele é mais seguro, eficiente, acessível e inclusivo que o dinheiro em espécie e as transações bancárias tradicionais. O BC espera lançá-lo em 2025 e espera que ele traga benefícios para toda a economia brasileira.

Últimas notícias

Trump atingido em atentado em comício

Atentado na Pensilvânia: o ex-presidente americano, Donald Trump, foi alvo de disparos em um comício na Pensilvânia, nos Estados Unidos neste sábado (13). Trump foi atingido na orelha no atentado. O serviço secreto dos Estados Unidos retirou o ex-presidente do palco em um evento de campanha após tiros serem disparados no local.

Investigação da ‘Abin paralela’ revela áudio de reunião secreta de Bolsonaro

A operação localizou gravação de reunião ocorrida em 2020, com a participação do general Heleno, em que teria sido discutida estratégia para anular investigação que colocou filho do ex-presidente sob suspeita e até a ‘retirada de alguns auditores de seus respectivos cargos.

O que realmente muda com a Reforma tributária?

Quais os reais Impactos e Novidades na Economia Brasileira Após a Regulamentação da Reforma Tributária pela Câmara? Conheça os Próximos Passos e Expectativas

Fake News sobre PRF espalha o terror em Soledade

Nos últimos dias, a pacata cidade do interior da Paraíba tem sido alvo de...

relacionados

Trump atingido em atentado em comício

Atentado na Pensilvânia: o ex-presidente americano, Donald Trump, foi alvo de disparos em um comício na Pensilvânia, nos Estados Unidos neste sábado (13). Trump foi atingido na orelha no atentado. O serviço secreto dos Estados Unidos retirou o ex-presidente do palco em um evento de campanha após tiros serem disparados no local.

Investigação da ‘Abin paralela’ revela áudio de reunião secreta de Bolsonaro

A operação localizou gravação de reunião ocorrida em 2020, com a participação do general Heleno, em que teria sido discutida estratégia para anular investigação que colocou filho do ex-presidente sob suspeita e até a ‘retirada de alguns auditores de seus respectivos cargos.

O que realmente muda com a Reforma tributária?

Quais os reais Impactos e Novidades na Economia Brasileira Após a Regulamentação da Reforma Tributária pela Câmara? Conheça os Próximos Passos e Expectativas