InícioBrasilBolsonaro faz “anúncio” de redução de tarifa de energia como se ainda...

Bolsonaro faz “anúncio” de redução de tarifa de energia como se ainda fosse presidente

Publicado em

- Advertisement -

Além de divulgar ter um posto que já perdeu, o ex-presidente segue anunciando medidas de seu governo

Embora tenha se ausentado do país antes mesmo da conclusão do mandato oficial, desde o dia 30 de dezembro, o ex-presidente Jair Bolsonaro, que sempre foi bastante ativo nas redes sociais, notadamente no Twitter, mantém até o presente momento em sua descrição do perfil, o cargo de “Presidente da República Federativa do Brasil”. O que poderia ser apenas uma “desatenção” quanto a atualização de seu “status” de cargo, ganhou novos contornos no última terça-feira, dia 3, quando publicou na rede social informações sobre uma redução de taxa de energia, como um “feito” de seu governo, tal qual faria um presidente em exercício.

A reação nas redes foi imediata, fazendo com que o Twitter tivesse milhares de comentários. A vereadora petista em Belo Horizonte, Macaé Evaristo, que segue o ex-presidente, reagiu à postagem com ironia, perguntando: “Que governo?”

Estando fisicamente menos exposto em sua estadia nos Estados Unidos, com poucas aparições públicas, o ex-presidente segue ativo falando de um governo que, para ele, não terminou.

Não menciona, por outro lado, o motivo de sua escolha de sair do país, ou quando pretende retornar. Seus apoiadores, acampados na frente de quartéis do Exército, esperavam um gesto e até defendiam que ele patrocinasse, com ajuda das Forças Armadas, uma intervenção para impedir a posse de Lula.

O questionamento que fica neste momento é se o artifício se trata de uma maneira subliminar de continuar alimentando a rede Bolsonarista com algum tipo de esperança de uma ação de golpe institucional, ou se trata apenas de uma maneira de se manter “vivo” politicamente com alguma relevância entre as notícias nacionais. Só o tempo dirá.

Últimas notícias

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.

Janones será investigado por suposta “rachadinha”em gabinete

Parlamentar nega que cobrou de membros de assessoria devolução de parte do salário; representação foi apresentada pelo deputado cassado Deltan Dallagnol

relacionados

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.