InícioParaíbaCampina Grande vai ganhar nova Casa da Cidadania no Partage Shopping

Campina Grande vai ganhar nova Casa da Cidadania no Partage Shopping

Publicado em

- Advertisement -

João Azevêdo visita Casa da Cidadania no Partage Shopping, em Campina

Novidade para facilitar o acesso da população aos serviços públicos: uma nova unidade da Casa da Cidadania está prestes a ser inaugurada em Campina Grande, dentro do Partage Shopping.

No fim da manhã desta sexta-feira (9), foi a vez do governador do estado, João Azevêdo, visitar as instalações em fase de acabamento.

O mais novo equipamento, uma parceria entre o Governo do Estado e o Partage, vai facilitar o dia a dia dos moradores da Rainha da Borborema e região.

Ao lado da primeira-dama do Estado, Ana Maria Lins, e do vice-governador Lucas Ribeiro, entre outras autoridades, João Azevêdo ressaltou a importância da instalação da Casa da Cidadania no Partage Shopping.

Estamos na reta final, com o espaço já todo mobiliado, com todo o conforto para atender em breve à população de Campina Grande e região. É mais uma facilidade para que as pessoas tenham acesso à cidadania”, afirmou.

A gerente de marketing do Partage Shopping, Cláudia Durães, afirmou que a parceria firmada com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Humano, traz diversos benefícios à população, como o fortalecimento da economia local.

A chegada da Casa da Cidadania ao Partage Shopping vai aumentar o fluxo de pessoas, impulsionar as vendas e, como consequência, a geração de emprego e renda. É uma parceria com benefícios em diversas vertentes, o que nos deixa muito felizes, porque Campina Grande sai ganhando, sem dúvidas”, comentou.

A direção do Partage Shopping estima que a instalação da Casa da Cidadania deva alavancar o crescimento das vendas de 10% a 15%. O equipamento terá um espaço privilegiado, o quarto piso do Centro de Comercialização.

A visita do governador às instalações da nova Casa da Cidadania no Partage Shopping foi acompanhada ainda pelo secretário Deusdete Queiroga (Infraestrutura), além de outros auxiliares da gestão estadual; e pelos vereadores Eva Gouveia, Anderson Pila, Renan Maracajá e Rostand Paraíba.

Bruno Brasil, coordenador de Operações do Partage Shopping, Carlos Bahia, executivo comercial, e Leandro Pessetti, gerente financeiro, também acompanharam a visita.

Últimas notícias

Paraíba abre as portas para a Alemanha

Governador João Azevêdo marca o início do I Fórum de Internacionalização Paraíba sem Fronteiras: Paraíba-Alemanha, com investimento de R$ 307 milhões em pesquisa e bolsas.

Vereador Dinho Dowsley se filia ao PSD em busca de representação para João Pessoa

O vereador Dinho Dowsley, atual presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), anunciou nesta quinta-feira (4) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A mudança de partido ocorreu após sua saída do Avante, pelo qual foi eleito em 2020.

Governadores do Nordeste Propõem Medidas para Fortalecer Finanças Estaduais

Uma das propostas é a do aumento do FPE e Parcelamento de Dívidas para Enfrentar Desafios Financeiros Estaduais pelas perdas de arrecadação com a desoneração do ICMS.

Tudo pronto para as provas do Concurso Público Nacional Unificado

Provas ocorrem no dia 5 de maio e serão aplicadas simultaneamente em 228 cidades em todas as unidades da federação, com questões objetivas e dissertativas

relacionados

Paraíba abre as portas para a Alemanha

Governador João Azevêdo marca o início do I Fórum de Internacionalização Paraíba sem Fronteiras: Paraíba-Alemanha, com investimento de R$ 307 milhões em pesquisa e bolsas.

Vereador Dinho Dowsley se filia ao PSD em busca de representação para João Pessoa

O vereador Dinho Dowsley, atual presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), anunciou nesta quinta-feira (4) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A mudança de partido ocorreu após sua saída do Avante, pelo qual foi eleito em 2020.

Governadores do Nordeste Propõem Medidas para Fortalecer Finanças Estaduais

Uma das propostas é a do aumento do FPE e Parcelamento de Dívidas para Enfrentar Desafios Financeiros Estaduais pelas perdas de arrecadação com a desoneração do ICMS.