InícioParaíbaCaso Ana Sofia: suspeito apagou celulares e tentou destruir provas

Caso Ana Sofia: suspeito apagou celulares e tentou destruir provas

Publicado em

- Advertisement -

Segundo a polícia, o suspeito Tiago Fontes Silva da Rocha chegou a esconder um celular formatado na casa do sogro e teria tentado coagir moradores do distrito a apagar imagens de câmeras de segurança, diz delegado.

Tiago Fontes Silva Rocha, o principal suspeito do desaparecimento da menina Ana Sophia, de 8 anos, em Bananeiras, está sendo acusado de tentar destruir provas e apagar dados de seus celulares antes de ter um mandado de prisão temporária decretado contra ele, de acordo com informações divulgadas pela Polícia Civil em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira (22). O suspeito está desaparecido desde o início do mês, logo após a polícia ter realizado uma busca em sua casa.

A defesa de Tiago Fontes informou que está avaliando qual estratégia jurídica irá adotar para enfrentar a prisão, e não descarta a possibilidade de impetrar um habeas corpus junto ao Tribunal de Justiça, após apresentar um pedido de reconsideração ao magistrado.

Segundo o delegado Pablo Éverton, o suspeito tinha conhecimento da rotina de Ana Sophia, chegando a brincar com suas próprias filhas na frente da casa da menina, uma vez que o sogro de Tiago mora na casa em frente à de Ana Sophia.

“Há um interesse do investigado na família da vítima, nas irmãs da vítima e na própria vítima. É uma pessoa que conhece Ana Sophia, que observava a menina”, declarou o delegado.

Tiago é casado com a vice-diretora da escola onde Ana Sophia estudava. A casa do casal passou por buscas e apreensões, resultando na apreensão de celulares, computadores e no carro de Tiago, que foram submetidos a perícia.

Ficamos surpresos ao saber, durante a perícia, que o investigado apagou o celular dele, não só uma vez, mas várias vezes. Aliás, este celular foi encontrado escondido na casa do sogro. Ele foi questionado sobre os aparelhos e acabou informando que um deles estava escondido, no modo avião, e formatado, na casa do sogro, casa essa em frente à casa da vítima“, relatou Pablo.

A polícia também recebeu informações de que Tiago teria tentado apagar evidências antes de seu desaparecimento, além de tentar persuadir pessoas a depor a seu favor. Ele é o único que pode esclarecer o paradeiro do corpo de Ana Sophia, uma vez que a polícia trabalha com a hipótese de homicídio qualificado. A última vez que a menina foi vista foi quando entrou na casa de Tiago, no dia de seu desaparecimento.

A polícia pede que qualquer informação sobre o paradeiro de Tiago Fontes seja reportada anonimamente através do número 197. Há também um canal direto via WhatsApp para moradores do distrito de Roma, onde a criança desapareceu, já que a região não tem cobertura de telefonia para chamadas convencionais.

A investigação conseguiu determinar que Ana Sophia entrou na casa de Tiago por meio da análise de imagens de câmeras de segurança e depoimentos de moradores da rua. A polícia estabeleceu um ponto zero para o desaparecimento com base em sua última localização registrada. A partir daí, conseguiram mapear seu caminho até a casa de Tiago, onde foi vista pela última vez.

A casa de Tiago foi alvo de buscas e apreensões em agosto de 2023, mas não foram encontrados indícios de que o corpo de Ana Sophia estivesse enterrado no local, levando a crer que ela foi removida após sua morte.

Últimas notícias

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

Trump deve enfrentar Biden na eleição

Após vencer as primárias de Missouri, Michigan e Idaho, Donald Trump aparece como principal nome do Republicanos para as eleições dos EUA

Caçada aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró se intensifica

Mossoró: fugitivos invadem galpão, agridem homem e polícia monta cerco. Nas redondezas também há uma pista de pouso em bom estado de conservação, além de ruínas de uma antiga fazenda.

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

relacionados

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

Trump deve enfrentar Biden na eleição

Após vencer as primárias de Missouri, Michigan e Idaho, Donald Trump aparece como principal nome do Republicanos para as eleições dos EUA

Caçada aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró se intensifica

Mossoró: fugitivos invadem galpão, agridem homem e polícia monta cerco. Nas redondezas também há uma pista de pouso em bom estado de conservação, além de ruínas de uma antiga fazenda.