InícioBrasilCentrão ameaça atrasar apreciação do Novo PAC

Centrão ameaça atrasar apreciação do Novo PAC

Publicado em

- Advertisement -

Com marco fiscal parado e indefinição por cargos em ministérios, deputados podem atrasar apreciação da MP do novo programa

Líderes do Centrão estão irritados com a demora de Lula para definir quais ministérios serão cedidos ao PP e ao Republicanos. Eles ameaçam atrasar a apreciação da MP que criará o Novo PAC, que poderá impulsionar até 14 mil obras paradas em todo o Brasil.

O Novo PAC será lançado em 11 de agosto, em cerimônia no Rio de Janeiro. A expectativa era que o marco fiscal já estivesse liquidado na Câmara até essa data, mas o Centrão condiciona a votação das alterações feitas no Senado à minirreforma na Esplanada dos Ministérios. Os deputados André Fufuca (PP-MA) e Silvio Costa Filho (Republicanos-PE) aguardam a definição de Lula para saber em qual sala vão colocar as suas coisas.

Enquanto isso, Lula mantém sua posição de definir as pastas somente após a votação do marco fiscal. O problema é que a Casa Civil estuda redirecionar os recursos de emendas parlamentares para bancar o Novo PAC, o que traria insatisfação ainda maior de Arthur Lira (PP-AL) e seus colegas.

Para aumentar a pressão sobre o presidente, o Centrão cogita atrasar a instalação da comissão que analisará o texto do programa. MPs têm vigência de até 120 dias, tempo suficiente para que mais coisas sejam exigidas pelos partidos.

O impasse entre o governo e o Centrão pode ter consequências negativas para o Novo PAC. Se a MP não for apreciada em tempo hábil, obras que poderiam ser impulsionadas pelo programa ficarão em atraso. Além disso, a falta de definição sobre os ministérios pode gerar instabilidade no governo e dificultar a implementação do programa.

Últimas notícias

Trump atingido em atentado em comício

Atentado na Pensilvânia: o ex-presidente americano, Donald Trump, foi alvo de disparos em um comício na Pensilvânia, nos Estados Unidos neste sábado (13). Trump foi atingido na orelha no atentado. O serviço secreto dos Estados Unidos retirou o ex-presidente do palco em um evento de campanha após tiros serem disparados no local.

Investigação da ‘Abin paralela’ revela áudio de reunião secreta de Bolsonaro

A operação localizou gravação de reunião ocorrida em 2020, com a participação do general Heleno, em que teria sido discutida estratégia para anular investigação que colocou filho do ex-presidente sob suspeita e até a ‘retirada de alguns auditores de seus respectivos cargos.

O que realmente muda com a Reforma tributária?

Quais os reais Impactos e Novidades na Economia Brasileira Após a Regulamentação da Reforma Tributária pela Câmara? Conheça os Próximos Passos e Expectativas

Fake News sobre PRF espalha o terror em Soledade

Nos últimos dias, a pacata cidade do interior da Paraíba tem sido alvo de...

relacionados

Trump atingido em atentado em comício

Atentado na Pensilvânia: o ex-presidente americano, Donald Trump, foi alvo de disparos em um comício na Pensilvânia, nos Estados Unidos neste sábado (13). Trump foi atingido na orelha no atentado. O serviço secreto dos Estados Unidos retirou o ex-presidente do palco em um evento de campanha após tiros serem disparados no local.

Investigação da ‘Abin paralela’ revela áudio de reunião secreta de Bolsonaro

A operação localizou gravação de reunião ocorrida em 2020, com a participação do general Heleno, em que teria sido discutida estratégia para anular investigação que colocou filho do ex-presidente sob suspeita e até a ‘retirada de alguns auditores de seus respectivos cargos.

O que realmente muda com a Reforma tributária?

Quais os reais Impactos e Novidades na Economia Brasileira Após a Regulamentação da Reforma Tributária pela Câmara? Conheça os Próximos Passos e Expectativas