InícioBrasilCiclone extratropical deixa rastro de destruição e morte no Sul do Brasil

Ciclone extratropical deixa rastro de destruição e morte no Sul do Brasil

Publicado em

- Advertisement -

O governador decretou, nesta quarta (6/9), estado de calamidade pública durante coletiva sobre as operações após a passagem do ciclone no RS

O ciclone extratropical que atingiu a Região Sul do Brasil na segunda-feira (4/9) deixou um rastro de destruição e morte. Até o momento, são 32 mortos e mais de 100 feridos.

Os estados mais atingidos foram o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, onde as fortes chuvas e ventos derrubaram casas, árvores e postes de luz.

No Rio Grande do Sul, o governador Eduardo Leite (PSDB) decretou estado de calamidade pública. Ele também suspendeu todos os desfiles militares que estavam programados para ocorrer no estado durante o feriado de 7 de setembro.

“Estamos mobilizados para resgatar as vítimas e reconstruir tudo que foi destruído pela tempestade”, disse Leite.

Na madrugada de quarta-feira (6/9), mais seis mortes foram confirmadas no Rio Grande do Sul. As vítimas são de Lajeado, Estrela e Roca Sales.

Em Santa Catarina, a Defesa Civil registrou 26 mortes e 63 feridos. As cidades mais afetadas foram Laguna, Tubarão e Criciúma.

O ciclone também atingiu o Paraná, onde foram registradas 11 mortes e 16 feridos.

As chuvas e ventos devem continuar na Região Sul nesta quarta-feira, com risco de novos estragos.

Últimas notícias

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.

Janones será investigado por suposta “rachadinha”em gabinete

Parlamentar nega que cobrou de membros de assessoria devolução de parte do salário; representação foi apresentada pelo deputado cassado Deltan Dallagnol

relacionados

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.