InícioBrasilCiro Gomes compara Lula e Bolsonaro: "Não mudou nada"

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Publicado em

- Advertisement -

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

O ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT) fez comparações entre as políticas econômicas dos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL), destacando uma continuidade que, segundo ele, não trouxe mudanças significativas. Em entrevista à CNN Entrevistas, Ciro afirmou que, em termos de economia, “não mudou nada”, apontando semelhanças nos dados econômicos e no manejo do modelo econômico.

Ciro Gomes também mencionou uma polarização entre esquerda e direita na elite do país, argumentando que, na prática, isso não resultou em mudanças substantivas na economia nacional. Ele expressou sua visão sobre a prostração da sociedade civil brasileira como motivo para sua decisão de se afastar da vida pública, destacando que não tem planos de se candidatar a cargos futuros.

O político abordou questões internas do PDT, afirmando que o ministro da Previdência, Carlos Lupi, tem sido desautorizado por Lula em relação à redução dos juros do crédito consignado. Ciro Gomes, que desistiu da vida pública, ressaltou seu compromisso com outras obras e enfatizou que não pretende mais se candidatar a cargos políticos.

Ciro ainda comentou sobre a relação entre Lula e Bolsonaro na política econômica, destacando uma diferença no tratamento do valor da democracia pelo governo petista. Ele expressou disposição para dialogar com Lula, mesmo após ter deixado de falar com o irmão, o senador Cid Gomes (PSB-CE), devido ao apoio a Lula. Ciro criticou algumas declarações de Lula, chamando-o de “arrogância ignorante” e ofereceu conselhos ao presidente, sugerindo melhorias em sua equipe.

A Presidência da República e a assessoria de Jair Bolsonaro não responderam às críticas de Ciro Gomes. Ciro destacou que estaria disposto a dialogar com Lula caso fosse chamado.

Últimas notícias

Vereador Dinho Dowsley se filia ao PSD em busca de representação para João Pessoa

O vereador Dinho Dowsley, atual presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), anunciou nesta quinta-feira (4) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A mudança de partido ocorreu após sua saída do Avante, pelo qual foi eleito em 2020.

Governadores do Nordeste Propõem Medidas para Fortalecer Finanças Estaduais

Uma das propostas é a do aumento do FPE e Parcelamento de Dívidas para Enfrentar Desafios Financeiros Estaduais pelas perdas de arrecadação com a desoneração do ICMS.

Tudo pronto para as provas do Concurso Público Nacional Unificado

Provas ocorrem no dia 5 de maio e serão aplicadas simultaneamente em 228 cidades em todas as unidades da federação, com questões objetivas e dissertativas

João Azevêdo e Lula juntos em inauguração de fábrica de medicamentos

João Azevêdo prestigia inauguração de fábrica de medicamentos para atender pacientes hemofílicos com presença de Lula

relacionados

Vereador Dinho Dowsley se filia ao PSD em busca de representação para João Pessoa

O vereador Dinho Dowsley, atual presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), anunciou nesta quinta-feira (4) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A mudança de partido ocorreu após sua saída do Avante, pelo qual foi eleito em 2020.

Governadores do Nordeste Propõem Medidas para Fortalecer Finanças Estaduais

Uma das propostas é a do aumento do FPE e Parcelamento de Dívidas para Enfrentar Desafios Financeiros Estaduais pelas perdas de arrecadação com a desoneração do ICMS.

Tudo pronto para as provas do Concurso Público Nacional Unificado

Provas ocorrem no dia 5 de maio e serão aplicadas simultaneamente em 228 cidades em todas as unidades da federação, com questões objetivas e dissertativas