InícioBrasilDino avalia envio de Forças Armadas para o Rio

Dino avalia envio de Forças Armadas para o Rio

Publicado em

- Advertisement -

O ministro Flávio Dino, da Justiça, disse ter discutido com Lula o emprego das Forças Armadas “em algumas áreas” do Rio de Janeiro

Hoje, o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, se manifestou sobre a situação no Rio de Janeiro, onde a segunda-feira foi marcada por caos, com 35 ônibus incendiados em reação à morte do sobrinho de um miliciano.

Dino afirmou que, apesar dos eventos tumultuados, não existe uma “base constitucional” para uma intervenção federal no estado. Ele explicou que a intervenção federal exigiria uma completa anomia e ausência do governo, condições que não se aplicam ao Rio de Janeiro no momento. Dino destacou que, em vez disso, a presença da Força Nacional no estado foi ampliada, com 300 agentes e 86 viaturas mobilizadas.

O ministro também revelou que apresentou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva a sugestão de reforçar a segurança pública do Rio com a participação das Forças Armadas em algumas áreas.

Ele agora aguarda para saber como se desenvolveu a reunião do presidente com o ministro da Defesa, José Múcio, sobre esse assunto.

Flávio Dino enfatizou que não se trata de substituir o trabalho dos estados, mas sim de complementá-lo. Além da Força Nacional, os efetivos da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal no Rio também foram ampliados. Dino mencionou ainda que um grupo de 20 policiais civis de outros estados está auxiliando nas investigações relacionadas a facções.

A situação é grave, representando uma clara ameaça à autoridade do Estado, como afirmou o segundo em comando do Ministério, o secretário Ricardo Cappelli. O Rio enfrenta um desafio significativo, e medidas estão sendo tomadas para lidar com essa complexa questão.

Vamos continuar acompanhando os desdobramentos dessa situação e buscando soluções para garantir a segurança e a ordem no estado do Rio de Janeiro.

Últimas notícias

Trump atingido em atentado em comício

Atentado na Pensilvânia: o ex-presidente americano, Donald Trump, foi alvo de disparos em um comício na Pensilvânia, nos Estados Unidos neste sábado (13). Trump foi atingido na orelha no atentado. O serviço secreto dos Estados Unidos retirou o ex-presidente do palco em um evento de campanha após tiros serem disparados no local.

Investigação da ‘Abin paralela’ revela áudio de reunião secreta de Bolsonaro

A operação localizou gravação de reunião ocorrida em 2020, com a participação do general Heleno, em que teria sido discutida estratégia para anular investigação que colocou filho do ex-presidente sob suspeita e até a ‘retirada de alguns auditores de seus respectivos cargos.

O que realmente muda com a Reforma tributária?

Quais os reais Impactos e Novidades na Economia Brasileira Após a Regulamentação da Reforma Tributária pela Câmara? Conheça os Próximos Passos e Expectativas

Fake News sobre PRF espalha o terror em Soledade

Nos últimos dias, a pacata cidade do interior da Paraíba tem sido alvo de...

relacionados

Trump atingido em atentado em comício

Atentado na Pensilvânia: o ex-presidente americano, Donald Trump, foi alvo de disparos em um comício na Pensilvânia, nos Estados Unidos neste sábado (13). Trump foi atingido na orelha no atentado. O serviço secreto dos Estados Unidos retirou o ex-presidente do palco em um evento de campanha após tiros serem disparados no local.

Investigação da ‘Abin paralela’ revela áudio de reunião secreta de Bolsonaro

A operação localizou gravação de reunião ocorrida em 2020, com a participação do general Heleno, em que teria sido discutida estratégia para anular investigação que colocou filho do ex-presidente sob suspeita e até a ‘retirada de alguns auditores de seus respectivos cargos.

O que realmente muda com a Reforma tributária?

Quais os reais Impactos e Novidades na Economia Brasileira Após a Regulamentação da Reforma Tributária pela Câmara? Conheça os Próximos Passos e Expectativas