InícioParaíbaEmpresário considerado “Rei do Tomate” na PB é preso acusado de mandar...

Empresário considerado “Rei do Tomate” na PB é preso acusado de mandar matar ex-funcionários

Publicado em

- Advertisement -

Empresário apontado como o mandante dos homicídios de dois tratoristas na zona rural de Cubati, teria tido como motivação ação trabalhista movida pelos ex-funcionários

Edson do Tomate (foto), considerado o maior plantador de tomate da Paraíba, foi preso durante a Operação Justiça Sangrenta, ocorrida na manhã desta segunda-feira (8).

A Polícia Civil do estado cumpriu cinco mandados de prisão, 11 de busca e apreensão e duas armas de fogo ilícitas apreendidas.

De acordo com informações da delegada Seccional de Juazeirinho, dra Mairam Moura, o empresário contratou os executores – dois pistoleiros da cidade de Taperoá, que também foram presos -, após um dos tratoristas ter ingressado uma ação trabalhista contra ele na Justiça.

Ainda conforme a delegada, o alvo do homicídio seria apenas Naldinho, que ganhou a ação na Justiça do Trabalho no valor de R$ 40 mil.

Naldinho foi morto por vários disparos de arma de fogo enquanto trabalhava cortando terra para a Prefeitura de Cubati no sítio Golpe D’água.

Jodeildo, que também morreu, estava trabalhava cortando terra em outro trator no exato momento em que os dois pistoleiros chegaram atirando, sendo atingido sem “ter nada a ver com o peixe”, nas palavras da autoridade policial.

Outra investigação está em curso sobre uma vítima sobrevivente de tentativa de homicídio pelo mesmo motivo.

A Operação Justiça Sangrenta foi deflagrada pela PC e nos cumprimentos dos mandados, contou com as participações da Polícia Militar (PM), Grupo de Operações Especiais (GOE), Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e Delegacia de Homicídios de Campina Grande.

Últimas notícias

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.

Janones será investigado por suposta “rachadinha”em gabinete

Parlamentar nega que cobrou de membros de assessoria devolução de parte do salário; representação foi apresentada pelo deputado cassado Deltan Dallagnol

relacionados

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.