InícioDestaqueJoão e Alckmin discutem implantação de fábrica de insulina na Paraíba

João e Alckmin discutem implantação de fábrica de insulina na Paraíba

Publicado em

- Advertisement -

Chefe do Executivo estadual destacou a importância da iniciativa para suprir uma demanda nacional pelo medicamento

O governador da Paraíba, João Azevêdo, conseguiu viabilizar a instalação de uma fábrica da empresa chinesa Tonghua Dongbao Pharmaceutical para a produção de insulina no estado. A informação foi confirmada pelo próprio gestor nesta quarta-feira (30), em Brasília, após reunião com o vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin.

Na reunião, que também contou com a presença de representantes da empresa chinesa, Azevêdo destacou a importância da iniciativa para suprir uma demanda nacional pelo medicamento.

“Nós realizamos há poucos dias uma missão na China e já temos um importante resultado desse trabalho. Vamos iniciar com a importação do produto enquanto a fábrica é construída e já assinamos a Carta de Intenções, e a partir do Lifesa, faremos a distribuição do produto para outros estados e municípios. Foi muito importante para nós recebermos a ratificação do interesse do país nesse importante investimento”, frisou o gestor paraibano.

Por sua vez, Alckmin parabenizou Azevêdo pela iniciativa que possibilitará o país de ter uma produção nacional do medicamento.

“O Brasil é um grande consumidor de insulina e a produção nacional é um passo importante para garantir o abastecimento do mercado. A Paraíba está de parabéns por ter liderado essa iniciativa”, disse Alckmin.

O presidente do Conselho da Laurel Internacional Corporation, Peace Pingan Lau, evidenciou a satisfação de iniciar o trabalho na Paraíba e no Brasil.

“Nós somos a maior empresa de produção de insulina da China e gostaríamos que a população brasileira tenha mais escolhas, ajudando na nacionalização do produto. Esperamos que essa ação possa aproximar a nossa distância geográfica”, pontuou.

A fábrica da Tonghua Dongbao Pharmaceutical será instalada em Campina Grande, na Paraíba. A previsão é que a produção comece em 2024.

O investimento da empresa chinesa na Paraíba é estimado em R$ 1 bilhão. A fábrica terá capacidade para produzir até 100 milhões de unidades de insulina por ano.

A iniciativa do governador João Azevêdo é um importante passo para a garantia do abastecimento de insulina no Brasil. A produção nacional do medicamento é essencial para reduzir os preços e melhorar o acesso ao tratamento para os pacientes.

Últimas notícias

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

Trump deve enfrentar Biden na eleição

Após vencer as primárias de Missouri, Michigan e Idaho, Donald Trump aparece como principal nome do Republicanos para as eleições dos EUA

Caçada aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró se intensifica

Mossoró: fugitivos invadem galpão, agridem homem e polícia monta cerco. Nas redondezas também há uma pista de pouso em bom estado de conservação, além de ruínas de uma antiga fazenda.

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

relacionados

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

Trump deve enfrentar Biden na eleição

Após vencer as primárias de Missouri, Michigan e Idaho, Donald Trump aparece como principal nome do Republicanos para as eleições dos EUA

Caçada aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró se intensifica

Mossoró: fugitivos invadem galpão, agridem homem e polícia monta cerco. Nas redondezas também há uma pista de pouso em bom estado de conservação, além de ruínas de uma antiga fazenda.