InícioParaíbaJornalista processado por divulgar informações sobre a arrecadação de multas

Jornalista processado por divulgar informações sobre a arrecadação de multas

Publicado em

- Advertisement -

Setor jurídico da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos entrou com processo contra o jornalista que denunciou supostas irregularidades do órgão nas redes sociais

O prefeito Bruno Cunha Lima e a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande (STTP) processaram o jornalista Geovanne Santos por divulgar informações sobre a arrecadação de multas promovidas pela STTP.

Geovanne Santos noticiou nos últimos dias que a Prefeitura de Campina Grande teria arrecadado R$ 11 milhões em multas somente nos primeiros sete meses do ano, ante R$ 10 milhões em todo ano de 2022.

A STTP acusa Geovanne de utilizar sua rede social pessoal “para elucubrar maldosamente seus seguidores de forma a que eles achem que a STTP está agindo ilegalmente e deliberadamente na aplicação de multas de trânsito, única e exclusivamente para objetivar a arrecadação para seu próprio proveito.”

A gestão do prefeito Bruno Cunha Lima pede que Geovanne remova os vídeos relacionados ao assunto.

Geovanne Santos afirmou que não vai remover os vídeos e que vai continuar a divulgar informações sobre a arrecadação de multas. Ele também disse que vai processar a STTP e o prefeito Bruno Cunha Lima por danos morais.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

O caso

O caso começou quando Geovanne Santos publicou um vídeo em seu canal no YouTube, no qual afirmava que a Prefeitura de Campina Grande estava arrecadando muito dinheiro com multas de trânsito. No vídeo, Geovanne também dizia que a STTP estava aplicando multas de forma ilegal.

A STTP respondeu ao vídeo de Geovanne Santos, afirmando que ele estava espalhando mentiras. A STTP também disse que Geovanne Santos estava tentando prejudicar a imagem da Prefeitura de Campina Grande.

A gestão do prefeito Bruno Cunha Lima também se manifestou sobre o caso, afirmando que Geovanne Santos estava tentando prejudicar a imagem do prefeito. A gestão do prefeito também disse que Geovanne Santos estava espalhando mentiras sobre a arrecadação de multas.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Últimas notícias

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.

Janones será investigado por suposta “rachadinha”em gabinete

Parlamentar nega que cobrou de membros de assessoria devolução de parte do salário; representação foi apresentada pelo deputado cassado Deltan Dallagnol

relacionados

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.