InícioParaíbaJulian minimiza atos antidemocráticos e manda recado a bolsonaristas

Julian minimiza atos antidemocráticos e manda recado a bolsonaristas

Publicado em

- Advertisement -

O deputado federal Julian Lemos (União Brasil) minimizou o tom dos atos antidemocráticos em pelo menos 24 estados – incluindo a Paraíba e o Distrito Federal -, promovidos por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), contrários ao resultado da eleição presidencial. Pelas redes sociais, o parlamentar paraibano fala com autoridade de quem conhece bem os bastidores da política exercida pelo clã Bolsonaro.

Julian relativiza os pedidos dos bolsonaristas favoráveis a intervenção militar, o que é inconstitucional, e “intervenção federal com Bolsonaro no poder”.

“Meus irmãos, ainda tem gente que acredita na intervenção militar e o tal relatório das fraudes das urnas? Acordem, não haverá intervenção de nada, não existe essa tal xadrez 4D. Jair Bolsonaro já foi cuidar da vida dele”, frisa Lemos.

E, o parlamentar continua: “Não existe estratégia, não tem jogo de Xadrez 4D. Bolsonaro não tem carta na manga, não teremos intervenção militar. Caiam na real. O acordo que ele fez com o PL é coisa pra cinema, mansão, salário de magnata, jatinho quando precisar, é fato, só está se blindando e aos filhos”.

Últimas notícias

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.

Janones será investigado por suposta “rachadinha”em gabinete

Parlamentar nega que cobrou de membros de assessoria devolução de parte do salário; representação foi apresentada pelo deputado cassado Deltan Dallagnol

relacionados

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.