InícioParaíbaMotoristas de transporte público de João Pessoa realizam paralisação por justiça à...

Motoristas de transporte público de João Pessoa realizam paralisação por justiça à morte de Silvano da Silva

Publicado em

- Advertisement -

Trânsito na Lagoa foi interrompido por 20 minutos. Representantes pediram justiça pela morte do motorista Silvano da Silva e mais segurança para a categoria.

Motoristas de transporte público de João Pessoa realizam uma paralisação no Parque Solon de Lucena, a Lagoa, nesta segunda-feira (31). O ato é um protesto pela morte de Silvano da Silva, motorista do ônibus que foi incendiado em João Pessoa.

O trânsito na Lagoa foi interrompido por cerca de 20 minutos. Segundo o sindicato dos motoristas, a paralisação é por justiça pela morte de Silvano da Silva e para pedir mais segurança para esses trabalhadores, assim como para os passageiros.

O presidente do sindicato, Ronne Nunes, citou, em entrevista à TV Cabo Branco, algumas medidas que eles consideram fundamentais para a segurança do setor. “Isso aqui não pode ficar impune porque tudo o que a gente quer é justiça, aquelas blitz que tinha antigamente, aquelas operações que tinha antigamente, que perguntava aos motoristas se estava tudo bem”, disse.

Relembre o caso Na noite do dia 18 de julho, dois homens armados invadiram o coletivo que faz a linha 600, entre os bairros de Bessa e Varadouro. Na ação, eles obrigaram o motorista e cinco passageiros a permanecerem no ônibus, atiraram garrafas com combustível e atearam fogo.

O motorista, Silvano da Silva, teve 54% do corpo queimado e ficou internado no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Na noite do sábado (29), ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Um suspeito de participação no crime foi preso na sexta-feira (28), mas liberado após audiência de custódia. Nesta segunda-feira (31), voltou a ser detido depois que o motorista do ônibus morreu. A nova prisão aconteceu no domingo (30), em Bayeux, e foi feita pela Polícia Militar.

Os motoristas pedem mais segurança para os trabalhadores do transporte público e que os autores do crime sejam punidos.

Últimas notícias

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

Trump deve enfrentar Biden na eleição

Após vencer as primárias de Missouri, Michigan e Idaho, Donald Trump aparece como principal nome do Republicanos para as eleições dos EUA

Caçada aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró se intensifica

Mossoró: fugitivos invadem galpão, agridem homem e polícia monta cerco. Nas redondezas também há uma pista de pouso em bom estado de conservação, além de ruínas de uma antiga fazenda.

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

relacionados

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

Trump deve enfrentar Biden na eleição

Após vencer as primárias de Missouri, Michigan e Idaho, Donald Trump aparece como principal nome do Republicanos para as eleições dos EUA

Caçada aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró se intensifica

Mossoró: fugitivos invadem galpão, agridem homem e polícia monta cerco. Nas redondezas também há uma pista de pouso em bom estado de conservação, além de ruínas de uma antiga fazenda.