InícioBrasilO retorno da COVID-19? 

O retorno da COVID-19? 

Publicado em

- Advertisement -

Novas subvariantes causam surto no Brasil e população já volta a adotar medidas de segurança;

O Brasil testemunha um aumento nos casos de COVID-19, impulsionado pela emergência de novas subvariantes do coronavírus. No entanto, especialistas apontam que, comparativamente à onda inicial da Ômicron em 2022, esse ressurgimento não deve atingir a mesma magnitude.

Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde, a média móvel de casos de COVID-19 no Brasil é de 28.655 por dia, o que representa um aumento de 34% em relação à semana anterior. O número de mortes, por outro lado, segue em queda, com média móvel de 100 por dia.

Apesar do cenário relativamente controlado, especialistas recomendam cautela e atenção. A principal recomendação é a atualização das vacinações contra a doença. O uso de máscaras em ambientes fechados e em situações de aglomeração também é sugerido, especialmente para grupos de risco e indivíduos que convivem com eles.

Uma preocupação adicional surge em relação à baixa taxa de imunização em crianças, um alerta emitido tanto por médicos quanto pelo Ministério da Saúde. Até o momento, apenas 66,3% das crianças de 5 a 11 anos estão com o esquema vacinal completo.

Maria José, uma aposentada de 65 anos, mantém firme o compromisso de seguir as recomendações de segurança mesmo após o ápice da pandemia. “Eu continuo seguindo algumas recomendações, como por exemplo usar máscaras em locais cheios, o uso do álcool em gel para higienização das mãos e também estou com as vacinas em dia. Sou do grupo de risco e não posso vacilar”, afirma.

O Estado da Paraíba se destaca ao promover várias campanhas de vacinação, visando a aplicação da dose de reforço da vacina bivalente contra a COVID-19 e a atualização da caderneta para outros imunizantes. Essas campanhas são organizadas estrategicamente, estabelecendo pontos de assistência em locais chave para garantir um amplo acesso à população.

A recomendação da Secretaria Estadual de Saúde (SES) em aplicar a dose de reforço da vacina bivalente contra a COVID-19 veio após a emissão de uma nota técnica pelo Ministério da Saúde. Esse reforço é crucial para prevenir contágios decorrentes das novas variantes do coronavírus.

Essas iniciativas e orientações representam passos importantes na contenção da propagação do vírus e na proteção da população. A conscientização e a ação coletiva continuam sendo peças-chave para enfrentar esse desafio de saúde pública, garantindo uma resposta eficaz e responsável diante das mutações e variações do coronavírus.

Últimas notícias

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

Trump deve enfrentar Biden na eleição

Após vencer as primárias de Missouri, Michigan e Idaho, Donald Trump aparece como principal nome do Republicanos para as eleições dos EUA

Caçada aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró se intensifica

Mossoró: fugitivos invadem galpão, agridem homem e polícia monta cerco. Nas redondezas também há uma pista de pouso em bom estado de conservação, além de ruínas de uma antiga fazenda.

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

relacionados

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

Trump deve enfrentar Biden na eleição

Após vencer as primárias de Missouri, Michigan e Idaho, Donald Trump aparece como principal nome do Republicanos para as eleições dos EUA

Caçada aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró se intensifica

Mossoró: fugitivos invadem galpão, agridem homem e polícia monta cerco. Nas redondezas também há uma pista de pouso em bom estado de conservação, além de ruínas de uma antiga fazenda.