InícioBrasilPor que o governo deve investir nas micro e pequenas empresas?

Por que o governo deve investir nas micro e pequenas empresas?

Publicado em

- Advertisement -

Micro e pequenas empresas foram responsáveis por sete de cada dez das vagas de trabalho formais no primeiro semestre de 2023

As micro e pequenas empresas (MPEs) geraram 70% das vagas de trabalho formais abertas no primeiro semestre de 2023, segundo levantamento do Sebrae. Foram 709 mil novos postos de trabalho registrados no segmento nos primeiros seis meses do ano, contra 314 mil criados pelas médias e grandes empresas.

O resultado das MPEs é ainda mais significativo se considerarmos que o volume total de criação de empregos formais entre janeiro e junho foi 26,3% inferior em relação ao mesmo intervalo do ano passado.

Os setores que mais geraram empregos nas MPEs foram os de serviços (394 mil), construção (147 mil), indústria da transformação (72 mil) e comércio (60 mil).

O presidente do Sebrae, Décio Lima, afirmou que as MPEs estão dando uma contribuição inestimável à manutenção do emprego no país, mesmo enfrentando uma taxa de juros absurda e que inibe o investimento.

“As micro e pequenas empresas são fundamentais para a economia brasileira. Elas são responsáveis por mais da metade dos empregos formais, e são elas que estão gerando a maior parte das vagas de trabalho novas no país”, disse Lima.

O resultado positivo das MPEs é uma prova de sua resiliência e capacidade de adaptação às adversidades. As pequenas empresas são mais ágeis e flexíveis do que as grandes, e estão mais preparadas para atender às demandas do mercado.

As MPEs também são importantes para a geração de renda e inclusão social. Elas oferecem oportunidades de emprego para pessoas de baixa renda e qualificação, e contribuem para a dinamização da economia local.

O resultado das MPEs no primeiro semestre de 2023 é um sinal de esperança para a economia brasileira. As pequenas empresas estão mostrando que são capazes de gerar empregos, renda e inclusão social, mesmo em um contexto de crise.

Últimas notícias

Paraíba abre as portas para a Alemanha

Governador João Azevêdo marca o início do I Fórum de Internacionalização Paraíba sem Fronteiras: Paraíba-Alemanha, com investimento de R$ 307 milhões em pesquisa e bolsas.

Vereador Dinho Dowsley se filia ao PSD em busca de representação para João Pessoa

O vereador Dinho Dowsley, atual presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), anunciou nesta quinta-feira (4) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A mudança de partido ocorreu após sua saída do Avante, pelo qual foi eleito em 2020.

Governadores do Nordeste Propõem Medidas para Fortalecer Finanças Estaduais

Uma das propostas é a do aumento do FPE e Parcelamento de Dívidas para Enfrentar Desafios Financeiros Estaduais pelas perdas de arrecadação com a desoneração do ICMS.

Tudo pronto para as provas do Concurso Público Nacional Unificado

Provas ocorrem no dia 5 de maio e serão aplicadas simultaneamente em 228 cidades em todas as unidades da federação, com questões objetivas e dissertativas

relacionados

Paraíba abre as portas para a Alemanha

Governador João Azevêdo marca o início do I Fórum de Internacionalização Paraíba sem Fronteiras: Paraíba-Alemanha, com investimento de R$ 307 milhões em pesquisa e bolsas.

Vereador Dinho Dowsley se filia ao PSD em busca de representação para João Pessoa

O vereador Dinho Dowsley, atual presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), anunciou nesta quinta-feira (4) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A mudança de partido ocorreu após sua saída do Avante, pelo qual foi eleito em 2020.

Governadores do Nordeste Propõem Medidas para Fortalecer Finanças Estaduais

Uma das propostas é a do aumento do FPE e Parcelamento de Dívidas para Enfrentar Desafios Financeiros Estaduais pelas perdas de arrecadação com a desoneração do ICMS.