InícioParaíbaRonaldinho é o novo "Camisa 10" de Bruno Cunha Lima?

Ronaldinho é o novo “Camisa 10” de Bruno Cunha Lima?

Publicado em

- Advertisement -

Ronaldinho Cunha Lima destaca confiança na lealdade política e no diálogo como chave para que grupo supere possíveis impasses entre Bruno e Romero Rodrigues

O novo secretário de Cultura de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho, fez uma análise das relações políticas entre o prefeito Bruno Cunha Lima e o deputado federal Romero Rodrigues. Suas palavras trouxeram uma nova perspectiva sobre o cenário político na cidade.

Segundo Ronaldo, parece haver uma falta de comunicação entre Bruno e Romero, mas ele enfatizou que um eventual rompimento não seria o “fim do mundo“. Em suas palavras: “Acredito (que não irão romper), mas pode acontecer, não é o fim do mundo.

Além disso, Ronaldo Cunha Lima Filho fez um apelo à “lealdade” de Romero a “seus princípios” e adiantou que sua família apoiará a reeleição de Bruno. Ele também expressou algumas críticas à comunicação da Prefeitura Municipal, isentando o secretário Marcos Alfredo e o prefeito Bruno Cunha Lima de qualquer culpa.

Ronaldo comentou sobre as tensões na relação entre Bruno e Romero Rodrigues, destacando que o prefeito, sem intenção, atingiu o legado de seu antecessor. Porém, ele enfatizou a importância do diálogo para resolver quaisquer desentendimentos.

Sua nomeação como secretário de Cultura faz parte de uma reorganização administrativa liderada por Bruno Cunha Lima, que busca consolidar projetos administrativos enquanto se prepara para as eleições de 2024. A nomeação também visa fortalecer a base política na cidade.

Essa visão de Ronaldo Cunha Lima Filho oferece uma nova perspectiva sobre a política em Campina Grande, enfatizando a importância do diálogo e da lealdade. Uma conversa, como ele ressalta, pode resolver muitos impasses.

Últimas notícias

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.

Janones será investigado por suposta “rachadinha”em gabinete

Parlamentar nega que cobrou de membros de assessoria devolução de parte do salário; representação foi apresentada pelo deputado cassado Deltan Dallagnol

relacionados

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.