InícioParaíbaSalão do Artesanato tem como tema “Artesanato Indígena”

Salão do Artesanato tem como tema “Artesanato Indígena”

Publicado em

- Advertisement -

A nova edição do evento conta com mais de 500 expositores, no período de 13 de janeiro a 5 de fevereiro.

O lançamento da 35ª edição do Salão do Artesanato Paraibano ocorreu na manhã desta terça-feira (10), na Orla da Praia de Cabo Branco, em João Pessoa, no mesmo espaço em que o evento será realizado de 13 de janeiro a 5 de fevereiro. A solenidade de lançamento foi prestigiada pela primeira-dama do Estado e presidente de Honra do Programa do Artesanato Paraibano (PAP), Ana Maria Lins, além de outras autoridades. 

O tema do 35° Salão do Artesanato Paraibano é “Artesanato Indígena”, mostrando toda a riqueza cultural dos primeiros habitantes do País, representada aqui no Estado principalmente pelas etnias Potiguara e Tabajara. Ao todo, o Salão terá a participação de 537 artesãos, número recorde e que vai trazer a riqueza do nosso artesanato produzido do Litoral ao Sertão. O evento é uma realização do Governo do Estado e Sebrae-PB. 

O evento terá o ambiente totalmente climatizado, e corredores sensoriais, com ambientações próprias do artesanato e temáticas indígenas, além de músicas da cultura indígena usadas na dança do toré, além de alguns incensos de ervas conhecidas pelos indígenas há centenas de anos, entre outros detalhes. A fachada utilizou-se de grafismos típicos dos usados hoje em dia nas aldeias na pintura de corpo.

Em seu discurso, Ana Maria Lins destacou a satisfação pelo lançamento do 35° Salão do Artesanato Paraibano. “Estou muito feliz, no início da segunda gestão do governador João Azevêdo, estar aqui no lançamento do 35° Salão do Artesanato Paraibano. Um grande evento que evidencia a cultura paraibana, homenageando a cultura indígena, exaltando seus costumes tradicionais“, afirmou a presidente de honra do PAP, ressaltando a diversidade trazida pela participação de mais de 500 artesãos. 

Em todo Salão, a entrada é gratuita, mas pedimos a colaboração da população para trazer um quilo de alimento não perecível, cuja arrecadação vai ajudar entidades na Capital“, conclamou Ana Maria Lins em outro momento. 

Primeira-dama, Ana Maria Lins, com um representante indígena no lançamento do evento.

O secretário executivo da Comunicação Institucional, Fábio Barros, destacou que a realização do Salão do Artesanato Paraibano, no mês de janeiro, em João Pessoa, e no mês de junho, em Campina Grande, representa um compromisso social. “É a valorização de todo um segmento que gera emprego e renda, numa época cheia de turistas, o que potencializa tanto a parte econômica quanto cultural do evento”, evidenciou. 

O diretor-técnico do Sebrae-PB, Lucélio Cartaxo, evidenciou a importância da parceria entre o Governo do Estado e o órgão no desenvolvimento do artesanato paraibano. “É um evento já consolidado, que nos oferece a oportunidade de divulgarmos a nossa cultura e nesta edição está de parabéns por prestigiar a cultura indígena. É um evento que culmina com o trabalho de capacitação que promovemos ao longo do ano”, acrescentou.

O secretário executivo de Desenvolvimento Econômico e Trabalho de João Pessoa, João Bosco, disse que, por conta do período do ano, o 35° Salão do Artesanato Paraibano “será uma grande oportunidade de divulgação e de comercialização do segmento. A estimativa é que João Pessoa tenha um índice recorde de turistas. Então, é uma oportunidade muito grande para os artesãos divulgarem bem e vender os produtos que serão trazidos para esta exposição”, completou. 

A etnia Tabajara foi representada pela indígena Talita Brito. “Nunca recebemos nenhuma homenagem nessas 34 edições do Salão. Pedimos ao governador João Azevêdo uma forma de desenvolver ainda mais o nosso artesanato. Essa homenagem vai divulgar ainda mais o nosso trabalho”, comemorou. 

 “Além disso, estamos trazendo alguns elementos cenográficos, como duas canoas que são utilizadas pelos indígenas na atividade da pesca, e também a montagem pelos próprios indígenas de duas ocas e elementos do cotidiano deles”, prosseguiu o arquiteto.

A ambientação do espaço vai contar ainda com um corredor sensorial, onde o visitante será recebido com músicas da cultura indígena usadas na dança do toré, além de alguns incensos de ervas conhecidas pelos indígenas há centenas de anos, entre outros detalhes.

O também arquiteto Gustavo Vaz destacou que todo o projeto foi pensado para surpreender quem for prestigiar o Salão. “Temos o desafio de fazer algo não repetitivo, claro, mas tendo em mente de que tem de ser um circuito onde os visitantes passem por todas tipologias, dando oportunidade igual de divulgação e comercialização a todos os artesãos”, ressaltou. 

Serviço 

35° Salão do Artesanato 

Período : 13 de janeiro a 5 de fevereiro 

Horário : das 15h às 22h, todos os dias da semana 

Endereço : Orla Marítima de Cabo Branco, após o Jangada Clube

Realização : Governo do Estado e Sebrae

Últimas notícias

Paraíba abre as portas para a Alemanha

Governador João Azevêdo marca o início do I Fórum de Internacionalização Paraíba sem Fronteiras: Paraíba-Alemanha, com investimento de R$ 307 milhões em pesquisa e bolsas.

Vereador Dinho Dowsley se filia ao PSD em busca de representação para João Pessoa

O vereador Dinho Dowsley, atual presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), anunciou nesta quinta-feira (4) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A mudança de partido ocorreu após sua saída do Avante, pelo qual foi eleito em 2020.

Governadores do Nordeste Propõem Medidas para Fortalecer Finanças Estaduais

Uma das propostas é a do aumento do FPE e Parcelamento de Dívidas para Enfrentar Desafios Financeiros Estaduais pelas perdas de arrecadação com a desoneração do ICMS.

Tudo pronto para as provas do Concurso Público Nacional Unificado

Provas ocorrem no dia 5 de maio e serão aplicadas simultaneamente em 228 cidades em todas as unidades da federação, com questões objetivas e dissertativas

relacionados

Paraíba abre as portas para a Alemanha

Governador João Azevêdo marca o início do I Fórum de Internacionalização Paraíba sem Fronteiras: Paraíba-Alemanha, com investimento de R$ 307 milhões em pesquisa e bolsas.

Vereador Dinho Dowsley se filia ao PSD em busca de representação para João Pessoa

O vereador Dinho Dowsley, atual presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), anunciou nesta quinta-feira (4) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A mudança de partido ocorreu após sua saída do Avante, pelo qual foi eleito em 2020.

Governadores do Nordeste Propõem Medidas para Fortalecer Finanças Estaduais

Uma das propostas é a do aumento do FPE e Parcelamento de Dívidas para Enfrentar Desafios Financeiros Estaduais pelas perdas de arrecadação com a desoneração do ICMS.