InícioBrasilSenado aprova compensação a Estados e municípios por perda de ICMS

Senado aprova compensação a Estados e municípios por perda de ICMS

Publicado em

- Advertisement -

A Casa aprovou o PL que garante a compensação de R$ 27 bilhões da União para Estados e municípios em razão do corte do ICMS incidente sobre combustíveis; texto vai à sanção presidencial.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou um projeto de lei que assegura a compensação de perdas de ICMS para estados e municípios no valor de R$ 27 bilhões, conforme determinado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Este projeto também inclui uma disposição que permite um piso de gastos federais com saúde mais baixo em 2023.

O cálculo para a compensação de ICMS foi adicionado durante a tramitação na Câmara dos Deputados pelo relator, deputado Zeca Dirceu (PT-PR), a pedido do governo. Com o fim do teto de gastos, em agosto deste ano, o gasto mínimo constitucional com saúde voltou a ser de 15% das receitas correntes líquidas. No entanto, esse cálculo poderia resultar em despesas de até R$ 20 bilhões com saúde apenas neste ano.

A compensação de ICMS diz respeito a perdas de arrecadação ocorridas no ano passado, devido à redução de impostos sobre combustíveis durante o governo Jair Bolsonaro. Um acordo foi alcançado entre a União e os estados e foi homologado pelo STF em junho, estipulando um pagamento total de R$ 27,5 bilhões.

Originalmente, esse pagamento poderia ser feito em até três anos, mas o prazo foi reduzido após solicitações dos estados e municípios, com foco nos municípios.

Além disso, o projeto também trata da compensação de perdas do Fundo de Participação dos Estados (FPM) dos últimos três meses, no valor de R$ 2,3 bilhões. Ele também estabelece uma cláusula que garante mais compensações em dezembro, caso haja novas perdas até o final do ano.

O projeto agora seguirá para análise e votação no plenário do Senado.

Últimas notícias

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

Trump deve enfrentar Biden na eleição

Após vencer as primárias de Missouri, Michigan e Idaho, Donald Trump aparece como principal nome do Republicanos para as eleições dos EUA

Caçada aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró se intensifica

Mossoró: fugitivos invadem galpão, agridem homem e polícia monta cerco. Nas redondezas também há uma pista de pouso em bom estado de conservação, além de ruínas de uma antiga fazenda.

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

relacionados

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

Trump deve enfrentar Biden na eleição

Após vencer as primárias de Missouri, Michigan e Idaho, Donald Trump aparece como principal nome do Republicanos para as eleições dos EUA

Caçada aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró se intensifica

Mossoró: fugitivos invadem galpão, agridem homem e polícia monta cerco. Nas redondezas também há uma pista de pouso em bom estado de conservação, além de ruínas de uma antiga fazenda.