InícioParaíbaTCE-PB inicia auditoria sobre situação da atenção básica

TCE-PB inicia auditoria sobre situação da atenção básica

Publicado em

- Advertisement -

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) iniciou nesta terça-feira (8) uma auditoria sobre a situação da atenção básica em saúde em 150 dos 223 municípios do estado, para saber onde os serviços estão funcionando e onde precisa de melhorias. O trabalho é realizado de forma simultânea por 97 fiscais e auditores, que atualizam os dados em tempo real no sistema do TCE-PB. O objetivo é que todos os dados sejam enviados até o fim do dia e que no máximo na sexta-feira (11) um relatório final seja publicado.

Vão ser verificados itens como funcionamento da unidade, condições de acessibilidade, qualidade da sala de espera, limpeza e acessibilidade dos banheiros, climatização de consultórios médicos, respeito à jornada de trabalho, entre outros. Ao todo, são 14 pontos observados em 189 Unidades Básicas de Saúde (UBS).

“Fomos a campo para fazer uma verificação de como está o estado de funcionamento dessas unidades básicas de saúde. São a porta de entrada do SUS e é importante que elas estejam funcionando”, declara Fernando Cartão, presidente do Tribunal.

De acordo com Catão, são três as ações que serão realizadas após o fim dos trabalhos. Inicialmente, enviar o relatório para cada um dos prefeitos e cobrar as melhorias necessárias dos itens deficitários. Depois, enviar as informações para órgãos como a Secretaria de Estado da Saúde e Ministério Público da Paraíba, para as ações que acharem pertinentes. Por último, tornar o relatório acessível para a consulta de toda a população.

“O objetivo é que o cidadão tome conhecimento desse relatório e em seu próprio município possa cobrar, fiscalizar. Vai ser um documento público”, explica.

Ele falou ainda das eventuais disparidades que deverão ser constatadas. “Vamos encontrar municípios muito bem e outros muito mal”, resume. O TCE-PB informou, por fim, que entre janeiro e outubro já foram investidos R$ 703 milhões apenas no funcionamento das unidades básicas de saúde. E faz parte da auditoria saber se os valores estão sendo bem empregados. Assim, foram selecionados os municípios que já apontavam problemas de incompatibilidade na aplicação de recursos

Últimas notícias

Regulação da Inteligência Artificial no Brasil Retorna ao Congresso em Agosto

Especialistas destacam a urgência de regulamentação equilibrada para garantir inovação tecnológica e segurança jurídica

Governo da Paraíba Antecipa Pagamento de Servidores Públicos

Medida injeta mais de R$ 838 milhões na economia do estado, impulsionando o comércio local e fortalecendo a confiança dos servidores.

Pré-candidata a Prefeita, Promete Revitalizar a Economia de Campina Grande

Em entrevista à Rádio CBN, Rosália Lucas destaca suas estratégias para atração de recursos, parceria com diferentes esferas do governo e um grande programa de expansão de creches.

Igreja Universal e Record condenadas por Fake News

Manuela D'Ávila Vence Ação contra Record e Igreja Universal por Notícia Falsa A ex-deputada federal...

relacionados

Regulação da Inteligência Artificial no Brasil Retorna ao Congresso em Agosto

Especialistas destacam a urgência de regulamentação equilibrada para garantir inovação tecnológica e segurança jurídica

Governo da Paraíba Antecipa Pagamento de Servidores Públicos

Medida injeta mais de R$ 838 milhões na economia do estado, impulsionando o comércio local e fortalecendo a confiança dos servidores.

Pré-candidata a Prefeita, Promete Revitalizar a Economia de Campina Grande

Em entrevista à Rádio CBN, Rosália Lucas destaca suas estratégias para atração de recursos, parceria com diferentes esferas do governo e um grande programa de expansão de creches.