InícioBrasilToffoli 'enterra' a Lava Jato e chama prisão de Lula de 'erro...

Toffoli ‘enterra’ a Lava Jato e chama prisão de Lula de ‘erro histórico’

Publicado em

- Advertisement -

Ministro Dias Toffoli, do STF, anulou provas das delações da Odebrecht no caso da Lava Jato e chamou prisão de Lula de “erro histórico”

Em decisão esperada, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli anulou, nesta quarta-feira (6/9), todas as provas das delações da Odebrecht no caso da Lava Jato. Ele também considerou a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) um “erro histórico”.

A decisão é um duro golpe para a Lava Jato, que já vinha sendo questionada por seu método de trabalho e por supostas irregularidades. Com a anulação das delações, a operação perde sua principal fonte de provas, o que torna muito mais difícil comprovar as acusações contra os réus.

Toffoli decidiu anular as delações da Odebrecht por entender que elas foram obtidas de forma ilegal. O ministro apontou que a empresa foi forçada a colaborar com as investigações sob a ameaça de ser processada pelos Estados Unidos. Além disso, ele também considerou que as delações foram marcadas por irregularidades, como o uso de delatores foragidos e a manipulação de provas.

A anulação das delações é uma vitória para Lula, que sempre negou as acusações contra ele. O ex-presidente foi condenado a 9 anos e 6 meses de prisão pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. No entanto, ele foi libertado em novembro de 2019, após o STF anular a condenação.

Em sua decisão, Toffoli também chamou a prisão de Lula de “erro histórico”. O ministro afirmou que o ex-presidente foi preso por “uma armação fruto de um projeto de poder de determinados agentes públicos”.

A decisão de Toffoli é um terremoto no cenário político brasileiro. Ela pode levar a uma revisão das condenações proferidas pela Lava Jato e a um novo julgamento de Lula. Além disso, também pode abrir caminho para a responsabilização de agentes públicos envolvidos nas irregularidades da operação.

Últimas notícias

Regulação da Inteligência Artificial no Brasil Retorna ao Congresso em Agosto

Especialistas destacam a urgência de regulamentação equilibrada para garantir inovação tecnológica e segurança jurídica

Governo da Paraíba Antecipa Pagamento de Servidores Públicos

Medida injeta mais de R$ 838 milhões na economia do estado, impulsionando o comércio local e fortalecendo a confiança dos servidores.

Pré-candidata a Prefeita, Promete Revitalizar a Economia de Campina Grande

Em entrevista à Rádio CBN, Rosália Lucas destaca suas estratégias para atração de recursos, parceria com diferentes esferas do governo e um grande programa de expansão de creches.

Igreja Universal e Record condenadas por Fake News

Manuela D'Ávila Vence Ação contra Record e Igreja Universal por Notícia Falsa A ex-deputada federal...

relacionados

Regulação da Inteligência Artificial no Brasil Retorna ao Congresso em Agosto

Especialistas destacam a urgência de regulamentação equilibrada para garantir inovação tecnológica e segurança jurídica

Governo da Paraíba Antecipa Pagamento de Servidores Públicos

Medida injeta mais de R$ 838 milhões na economia do estado, impulsionando o comércio local e fortalecendo a confiança dos servidores.

Pré-candidata a Prefeita, Promete Revitalizar a Economia de Campina Grande

Em entrevista à Rádio CBN, Rosália Lucas destaca suas estratégias para atração de recursos, parceria com diferentes esferas do governo e um grande programa de expansão de creches.