InícioDestaqueVocê sabe o que é "Síndrome do estresse político"?

Você sabe o que é “Síndrome do estresse político”?

Publicado em

- Advertisement -

A polarização política virou um desafio até mesmo para psicanalistas com uma enxurrada de casos de pessoas sofrendo de estresse causado pelas disputas recentes.

A polarização política tem levado a frequentes discussões e conflitos, que começam nas redes sociais, mas também podem acontecer na rua ou até mesmo dentro de casa, podendo servir de “gatilho” e levar até à casos extremos de violência, dissociação da realidade entre outros tipos de desordens para pacientes com questões prévias.

Em geral, esses conflitos têm gerado um cansaço e desconfiança generalizada em relação à realidade social, e essa situação tem sido chamada de “síndrome do estresse político”. Embora ainda não seja uma condição reconhecida oficialmente pelos manuais de diagnósticos clínicos, os profissionais de saúde mental relatam um aumento nos casos de pacientes que apresentam queixas relacionadas ao processo eleitoral e às emoções negativas geradas pela polarização política.

No Brasil a condição tem sido mais registrada nos consultórios psicológicos desde o acirramento da polarização política nas eleições presidenciais de 2018. Os especialistas identificaram que o fenômeno do ressurgimento de uma direita radical no país, representada atualmente pelos “bolsonaristas” tem sido um fator importante na disseminação da síndrome, notadamente com a intensificação da disseminação de notícias falsas.

De acordo com os especialistas, em virtude do movimento de extrema direita no país ter se atrelado a uma série de problemas políticos e sociais, incluindo a negação da ciência, a violência verbal e física, a intolerância e a polarização política e estes fatores aparecerem como desencadeadores de sintomas como ansiedade, estresse e depressão em muitos brasileiros, pode-se concluir a partir dos primeiros estudos que a síndrome do stress político tem acometido, mais comumente aqueles que se preocupam com questões como meio ambiente, direitos humanos e saúde pública.

No Brasil, ainda não temos dados estatísticos, mas nos Estados Unidos, onde a população vive uma polarização semelhante e que tomou mais força na mesma época, estudos mostram o impacto desse ambiente político radicalizado. O relatório “Estresse na América”, publicado anualmente desde 2007 pela APA (Associação Americana de Psicologia, em português), mostrou que o acirramento observado pelas pesquisas eleitorais nas duas edições que tiveram a participação de Donald Trump levou os eleitores a um nível de estresse elevado. Em 2016, 59% dos republicanos e 55% dos democratas responderam que o período eleitoral era uma fonte de esgotamento. Já em 2020, esse número foi ainda maior: 67% de republicanos e 76% entre os democratas.

Os especialistas recomendam que as pessoas tomem medidas para gerenciar o estresse político, como buscar se informar a partir de meios confiáveis e verificados de notícias, praticar técnicas de relaxamento, como a meditação ou o yoga, e conversar com amigos e familiares sobre preocupações políticas. Além disso, é importante buscar ajuda profissional se os sintomas persistirem ou se você sentir que está perdendo o controle.

Últimas notícias

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

Trump deve enfrentar Biden na eleição

Após vencer as primárias de Missouri, Michigan e Idaho, Donald Trump aparece como principal nome do Republicanos para as eleições dos EUA

Caçada aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró se intensifica

Mossoró: fugitivos invadem galpão, agridem homem e polícia monta cerco. Nas redondezas também há uma pista de pouso em bom estado de conservação, além de ruínas de uma antiga fazenda.

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

relacionados

Ciro Gomes compara Lula e Bolsonaro: “Não mudou nada”

Ex-presidenciável Ciro Gomes ressaltou que desistiu da vida pública e que não será mais candidato a cargos eletivos.

Trump deve enfrentar Biden na eleição

Após vencer as primárias de Missouri, Michigan e Idaho, Donald Trump aparece como principal nome do Republicanos para as eleições dos EUA

Caçada aos fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró se intensifica

Mossoró: fugitivos invadem galpão, agridem homem e polícia monta cerco. Nas redondezas também há uma pista de pouso em bom estado de conservação, além de ruínas de uma antiga fazenda.