InícioMundoBrasil no foco da diplomacia entre Rússia e Ucrânia

Brasil no foco da diplomacia entre Rússia e Ucrânia

Publicado em

- Advertisement -

Lula é a “bola da vez” após as declarações que repercutiram mundialmente, fixando uma suposta posição do Brasil frente aos conflitos na Ucrânia

O Brasil assumiu um repentino protagonismo nas questões diplomáticas que envolvem a Gu3rr4 da Ucrânia.

O governo da Ucrânia convidou o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, acusado de ser favorável à Rússia, a visitar Kiev para que “compreenda” a realidade da agressão russa.

Por outro lado, Lula recebeu na segunda-feira (17) o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, para promover uma mediação internacional na guerra da Ucrânia.

No domingo ele afirmou que o Ocidente estava contribuindo para a continuidade do conflito.

O governo dos Estados Unidos acusou o Brasil de estar “papagueando a propaganda russa e chinesa sem observar os fatos em absoluto”, enquanto Lula afirma que deseja promover uma iniciativa de paz.

Nesta terça-feira (18) O ministro de Relações Exteriores, Mauro Vieira, afirmou hoje que o presidente russo Vladimir Putin fez um convite de visita à Rússia a Lula e disse discordar das críticas feitas pela Casa Branca às falas do petista.

A oposição no Brasil tem utilizado deste momento político delicado para sugerir que trata-se não só de uma declaração isolada, mas uma suposta estratégia da esquerda.

Sabe-se que Cuba, Venezuela e Nicarágua estão alinhados com a política do Kremilin, e foi uma “surpresa” que no Brasil a receptividade do discurso Russo tenha sido acima do esperado.

Cumpre relembrar que o conflito se arrasta a mais de um ano, e que os ataques estão concentrados no território Ucraniano exclusivamente.

Hora de um grande teste da diplomacia brasileira sob a égide do novo governo petista.

Últimas notícias

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.

Janones será investigado por suposta “rachadinha”em gabinete

Parlamentar nega que cobrou de membros de assessoria devolução de parte do salário; representação foi apresentada pelo deputado cassado Deltan Dallagnol

relacionados

PF INVESTIGA ESQUEMA DE FALSOS MÉDICOS NA PB

Após denúncia em Cabedelo, PF recebe do CRM dossiê sobre esquema de falsos médicos na PB

Nilvan reage: “A melanina da minha pele não é motivo para ninguém me desqualificar”

"Isso é um crime muito grave e não pode passar despercebido, senão vira moda. E a gente tem que cortar o mal pela raiz, para que outras pessoas que queiram fazer isso comigo ou com qualquer outra pessoa negra, elas tenham medo de ser preconceituosos, ser racista, antes de cometer qualquer fato em relação ao que cometeram comigo hoje."

Azevêdo anuncia reajuste de servidores, incorpora mais 20% na Segurança e piso de professores

Reajuste também contempla inativos e pensionistas, além de professores e forças de segurança.