InícioMundoBrasil no foco da diplomacia entre Rússia e Ucrânia

Brasil no foco da diplomacia entre Rússia e Ucrânia

Publicado em

- Advertisement -

Lula é a “bola da vez” após as declarações que repercutiram mundialmente, fixando uma suposta posição do Brasil frente aos conflitos na Ucrânia

O Brasil assumiu um repentino protagonismo nas questões diplomáticas que envolvem a Gu3rr4 da Ucrânia.

O governo da Ucrânia convidou o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, acusado de ser favorável à Rússia, a visitar Kiev para que “compreenda” a realidade da agressão russa.

Por outro lado, Lula recebeu na segunda-feira (17) o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, para promover uma mediação internacional na guerra da Ucrânia.

No domingo ele afirmou que o Ocidente estava contribuindo para a continuidade do conflito.

O governo dos Estados Unidos acusou o Brasil de estar “papagueando a propaganda russa e chinesa sem observar os fatos em absoluto”, enquanto Lula afirma que deseja promover uma iniciativa de paz.

Nesta terça-feira (18) O ministro de Relações Exteriores, Mauro Vieira, afirmou hoje que o presidente russo Vladimir Putin fez um convite de visita à Rússia a Lula e disse discordar das críticas feitas pela Casa Branca às falas do petista.

A oposição no Brasil tem utilizado deste momento político delicado para sugerir que trata-se não só de uma declaração isolada, mas uma suposta estratégia da esquerda.

Sabe-se que Cuba, Venezuela e Nicarágua estão alinhados com a política do Kremilin, e foi uma “surpresa” que no Brasil a receptividade do discurso Russo tenha sido acima do esperado.

Cumpre relembrar que o conflito se arrasta a mais de um ano, e que os ataques estão concentrados no território Ucraniano exclusivamente.

Hora de um grande teste da diplomacia brasileira sob a égide do novo governo petista.

Últimas notícias

Paraíba abre as portas para a Alemanha

Governador João Azevêdo marca o início do I Fórum de Internacionalização Paraíba sem Fronteiras: Paraíba-Alemanha, com investimento de R$ 307 milhões em pesquisa e bolsas.

Vereador Dinho Dowsley se filia ao PSD em busca de representação para João Pessoa

O vereador Dinho Dowsley, atual presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), anunciou nesta quinta-feira (4) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A mudança de partido ocorreu após sua saída do Avante, pelo qual foi eleito em 2020.

Governadores do Nordeste Propõem Medidas para Fortalecer Finanças Estaduais

Uma das propostas é a do aumento do FPE e Parcelamento de Dívidas para Enfrentar Desafios Financeiros Estaduais pelas perdas de arrecadação com a desoneração do ICMS.

Tudo pronto para as provas do Concurso Público Nacional Unificado

Provas ocorrem no dia 5 de maio e serão aplicadas simultaneamente em 228 cidades em todas as unidades da federação, com questões objetivas e dissertativas

relacionados

Paraíba abre as portas para a Alemanha

Governador João Azevêdo marca o início do I Fórum de Internacionalização Paraíba sem Fronteiras: Paraíba-Alemanha, com investimento de R$ 307 milhões em pesquisa e bolsas.

Vereador Dinho Dowsley se filia ao PSD em busca de representação para João Pessoa

O vereador Dinho Dowsley, atual presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), anunciou nesta quinta-feira (4) sua filiação ao Partido Social Democrático (PSD). A mudança de partido ocorreu após sua saída do Avante, pelo qual foi eleito em 2020.

Governadores do Nordeste Propõem Medidas para Fortalecer Finanças Estaduais

Uma das propostas é a do aumento do FPE e Parcelamento de Dívidas para Enfrentar Desafios Financeiros Estaduais pelas perdas de arrecadação com a desoneração do ICMS.